Urban Jungle: leve a natureza para dentro da sua casa!

Os benefícios de criar uma Urban Jungle na sua casa são reais e podemos provar. Mas, antes, você conhece esse conceito da decoração que tem conquistado adeptos?

Plantas, sejam em vasos, sejam em um jardim vertical, trazem vida para o ambiente e, além da harmonia e beleza, também contribuem para a limpeza do ar e até mesmo no comportamento das pessoas que frequentam a casa.

Nada melhor do que uma tendência funcional e bonita, não é mesmo? Então, conheça agora os benefícios da Urban Jungle e como inserir o estilo na sua decoração.

O que é Urban Jungle?

Urban Jungle, ou, selva urbana, é o estilo de decoração que usa e abusa de plantas para compor os ambientes criando um clima orgânico, natural e aconchegante.

A estética não é tão importante nesse caso, ou seja, jardins planejados e rigorosamente moldados abrem espaço para plantas de crescimento livre e naturais, como se estivessem na natureza.

Dessa forma, esta decoração funciona bem com outros estilos, como é o caso do industrial, escandinava e retrô, por exemplo, porque entra como um elemento que complementa ou, promove um contraste visual.

Mas, além da harmonização e efeitos decorativos, as plantas também trazem outros benefícios para o ambiente.

Quais benefícios da Urban Jungle para os ambientes?

Verde é vida! Essa é uma frase muito usada para incentivar o uso de plantas nos ambientes, não é mesmo? E podemos usar alguns dados científicos para comprová-la.

Purifica o ar

A NASA criou uma lista de plantas que ajudam a purificar o ar do ambiente filtrando alguns poluentes como Benzeno, Amoníaco, Formaldeído, Xileno e Tricloroetileno, por exemplo.

Vale lembrar que elas também deixam o ar mais úmido, que é outro fator fundamental para o bem-estar de quem frequenta o ambiente.

Minimiza alergias

Ainda usando a lista da NASA, algumas plantas, como é o caso da Clorofito, podem absorver mofo e poeira, dois alergênicos que ficam suspensos no ar.

Promove conexão com a natureza

Ainda que seja por uma intervenção humana, ter plantas no ambiente é uma forma de se conectar com a natureza e reforçar a importância dos cuidados e valorização que ela deve receber.

Acalma

A plantas na decoração Urban Jungle ajudam a acalmar.
Créditos: Josiane Flore

Na cromoterapia, a cor verde é considerada calmante. Ela relaxa, acalma e também refresca. E, além do conforto visual, o cuidado com as plantas é considerado uma verdadeira terapia.

Em ambientes de escritório, principalmente quando falamos em home office, além de aumentar o bem-estar dos frequentadores, a natureza também ajuda na concentração e criatividade.

Percebe a quantidade de benefícios que a Urban Jungle pode proporcionar para sua casa? 

Mas, qual planta escolher? Afinal de contas, você já pode ter tido a experiência de ter uma que não sobreviveu depois de alguns meses. A resposta está na espécie escolhida.

Quais as plantas mais indicadas para ambientes internos e externos?

Como já comentamos, o Urban Jungle insere plantas em seu estado natural, ou seja, sem um paisagismo muito detalhado. A ideia é criar uma selva urbana. Para isso, é preciso escolher as espécies com cuidado pois algumas delas podem ser mantidas em ambientes fechados e com pouco sol, e outras, não.

Plantas para ambientes internos

Entre as plantas que podem ser cultivadas em ambientes fechados, temos:

  • Cróton, que tem folhas coloridas e exuberantes, precisando, no entanto, ficar próxima à janelas para receber luz solar;
  • Palmeira-leque, com folhas grandes e plissadas que trazem o verde acompanhado de uma bela textura para o ambiente;
  • Samambaia, que precisam de meia sombra e são ótimas opções para pendurar e elevar a urban jungle do chão até o teto;
  • Suculentas, que têm cores e formatos variados, ficam bem em praticamente todos os ambientes e são fáceis de cuidar;
  • Árvore-da-felicidade, que tem folhagem pequena, mas bem volumosa e pode ficar em sol pleno ou meia sombra;

Plantas para ambientes externos

O ambiente externo aceita mais variações, mas, é interessante conhecer algumas espécies de plantas brasileiras que se adaptam melhor e também considerar o clima da cidade durante as estações do ano. Algumas opções, são: 

  • Cactos grandes, que exigem poucos cuidados e dão um efeito visual moderno;
  • Yucca, que é arbustiva e se adapta a diferentes climas;
  • Lança-de-São-Jorge são ótimas para jardins pequenos;
  • Buxinhos, que podem crescer livres, ou, serem cortados em formatos variados.

Samambaias também ficam bem em ambientes externos, assim como hera inglesa, bromélias, renda portuguesa e outras mais.

Quais as dicas para criar uma Urban Jungle?

A ideia é ser o mais natural possível, mas a harmonia entre os detalhes traz mais beleza, além de ser uma ótima forma de criar algo pessoal na decoração do ambiente. Então, aqui vão algumas dicas: 

  • se tiverem animais ou crianças que frequentam os ambientes, evite as plantas consideradas tóxicas;
  • use ecopallets para criar jardins verticais pois são mais práticos, não atraem insetos e retêm pouca ou nenhuma umidade.
  • use ecobricks para trazer vida e beleza para varandas, piscinas e jardins de maneira sustentável.
  • use peças de ecotablado para dar suporte a vasos de plantas, pois, além de bonitos, também não atraem insetos ou retêm umidade;
  • crie sua Urban Jungle aos poucos, escolhendo cada vaso ou planta com cuidado e carinho, afinal de contas, além de desenvolver algo único, você também vai se adaptar com mais facilidade à rotina de manutenção.

Vale lembrar que para fazer uma Urban jungle não é preciso ter conhecimentos avançados em paisagismo, na verdade, quanto mais natural, melhor. A única coisa que não pode faltar são os cuidados para que as plantas estejam sempre vivas e belas.

Então, vai fazer uma Urban Jungle na sua casa e quer outras dicas para harmonizar com os espaços? Acompanhe nosso Pinterest, Facebook e Instagram.

07/10/2020

    SUSTENTABILIDADE POR PRINCÍPIO

  • Santa Luzia - Green Building Council
  • Santa Luzia - Green Building Council Brasil
  • Santa Luzia - RGMat