Um “novo” dia para Santa Luzia: 13 de dezembro

Empresa unifica as comemorações de sua fundação com a celebração à Santa Luzia
Em 1942 a Santa Luzia é fundada por João Effting, que viria a se tornar o maior parque industrial moldureiro Sulamericano.
Em 1942 a Santa Luzia é fundada por João Effting, que viria a se tornar o maior parque industrial moldureiro Sulamericano.
Atualmente a Santa Luzia conta com uma estrutura de mais de 18 mil metros quadrados.
Atualmente a Santa Luzia conta com uma estrutura de mais de 18 mil metros quadrados.

Um dia para chamar de seu. É assim conosco e não poderia ser diferente com a Indústria e Comércio de Molduras Santa Luzia. Naturalmente, nada apagará a importância do dia, 21 de julho de 1942, em que João Effting abriu as portas de sua então modesta fábrica de espelhos em Braço do Norte (SC). Por outro lado, carregamos com orgulho o nome de Lúcia de Siracusa, a Santa Luzia. Diante da proximidade entre as datas, nada mais junto do que atrelar o nosso aniversário de fundação com o dia de celebração àquela que nos confere a honra e a benção de levar seu nome: 13 de dezembro.

Para registro, segue um pedacinho da história da Santa Padroeira da Visão

A história conta que Luzia, uma jovem da ilha italiana Sicília, cuja família dispunha de bens e uma ótima formação cristã. Após perder o pai precocemente, teve de lidar com o adoecimento da mãe e a perspectiva de um não desejado casamento com um pagão, pois havia feito o voto de virgindade perpétua. Sem alternativas depois de várias consultas médicas, Luzia decidiu viajar com sua mãe, Eutíquia, de Siracusa para Catânia, onde se celebraria em 05 de fevereiro de 301 o dia de Santa Ágata. A história conta que, ao tocar o túmulo, a mãe de Luzia se viu curada. Tocadas pelo milagre, ambas voltaram para Siracusa destinadas não insistir com o casamento e doar o dote e bens aos pobres.

Seu pretendente, no entanto, não aceitou a situação: denunciou Luzia como cristã em uma época de perseguição orquestrada pelo imperador Diocleciano. Foi levada a um prostíbulo, já que se negava a abrir mão da virgindade. A tradição diz que, no entanto, nem mesmo 10 homens conseguiram carregá-la mesmo sem qualquer reação de Luzia. Imóvel e sem os olhos (o que levou, futuramente, a ser reconhecida como santa protetora dos olhos), fora queimada com resinas e azeite ferventes. Em 304, fora decapitada com um golpe de espada. Seu corpo, depois de levado para Constantinopla (hoje Istambul, Turquia), jaz atualmente em Veneza. Sua “graça iluminadora”, como descrito por Dante Alighieri em “A Divina Comédia”, transcendeu os séculos, tocando devotos de todos os continentes que se inspiram na resiliência e fé das convicções de Santa Luzia.

Relembre também um pedacinho da história da Indústria Santa Luzia no vídeo abaixo

Caso ainda haja dúvidas sobre o tema, ficaremos honrados em ajudar a obter respostas do seu interesse.

Fone: 0300 145 13 00  / 48-3651 1300 ou pelo link  http://www.santaluziamolduras.com.br/contato

Deixe uma resposta


  • Santa Luzia Brasil BRA
  • United States USA
  • Blog Santa Luzia USA
  • Youtube Santa Luzia
  • Facebook Santa Luzia
  • Instagram Santa Luzia

    SUSTENTABILIDADE POR PRINCÍPIO

  • Santa Luzia - Green Building Council
  • Santa Luzia - Green Building Council Brasil
  • Santa Luzia - RGMat
  • Santa Luzia - CE100 Programme