Instalação de rodapé: o passo a passo completo

A escolha do rodapé deve considerar suas preferências e as características do ambiente. É assim que você pode selecionar uma peça que combina com a decoração do cômodo e garante os melhores resultados quando tudo estiver pronto. Depois da compra, é hora de se preocupar com a instalação de rodapé.

O processo exige sua atenção para ter o melhor resultado ao cômodo. Então, você terá um belo acabamento para a parede, além de contar com total segurança quanto à fixação.

A seguir, descubra como fazer a instalação de rodapé com o nosso passo a passo completo. Confira!

Qual é a função do rodapé?

O papel do rodapé vai além da parte estética, já que ele também tem relação com a funcionalidade do ambiente. Com a escolha do produto correto, é possível tornar o cômodo mais interessante e prático. Na sequência, entenda algumas funções que estão relacionadas à instalação de rodapé.

Acabamento

Não adianta ter cuidados com o revestimento das paredes, se elas não tiverem o arremate perfeito. A função do rodapé é, justamente, garantir um resultado adequado nesse sentido.

Ele serve para adicionar volume, altura e textura ao ambiente, dando outras dimensões ao revestimento. Também pode incluir detalhes modernos ou clássicos, compondo com outros elementos, como acabamentos no formato boiserie.

Durabilidade do local

Outro ponto importante, é que o rodapé serve como um elemento de proteção para as paredes e, dependendo do caso, até do piso. Isso porque ele funciona como um item de “proteção” em relação à junção entre parede e piso.

Trata-se de algo que evita diversos problemas, como o acúmulo de sujeiras no ambiente ou a quebra do piso nesses pontos. Por isso, é uma alternativa essencial para manter, por mais tempo, a beleza e o acabamento do cômodo.

Previne impactos

Inclusive, a durabilidade está relacionada à capacidade de impedir que ocorram impactos contra a parede. Na hora de usar uma vassoura, arrastar um móvel ou utilizar um eletrodoméstico, pode ocorrer um forte impacto contra a parede.

Isso prejudica a sua estrutura e o acabamento, o que afeta todo o visual. Portanto, o rodapé funciona como uma barreira e impede que isso aconteça. Em apartamentos, inclusive, é uma forma de reduzir a propagação de ruídos nesses pontos.

Quais são os materiais necessários?

Para conseguir a instalação perfeita, é essencial ter materiais de qualidade e que atendam a todos os requisitos. Portanto, recomendamos o uso dos seguintes acessórios:

  • instalação para paredes de alvenaria: Cola Santa Luzia junto à Bucha T Santa Luzia;
  • instalação em outras superfícies: Cola Super Adesiva Santa Luzia e Fita Dupla Face Santa Luzia;
  • massa premium de acabamento ou Calafetador Santa Luzia;
  • barras de rodapé.

Vale ressaltar que para apartamentos que não aceitam furos nas paredes de alvenaria, sugerimos o uso da Fita Dupla Face Santa Luzia ao invés da Bucha T Santa Luzia.

Além disso, é preciso contar com alguns equipamentos e ferramentas que ajudam na execução da atividade. São eles:

  • martelo;
  • trena ou metro;
  • furadeira com broca;
  • marreta de borracha;
  • serra elétrica ou manual.

Como retirar um rodapé antigo?

Antes de dar início ao processo de instalação do rodapé, existem duas opções — retirar o acabamento antigo ou utilizar rodapés de reforma. Portanto, é preciso ficar atento para garantir que tudo aconteça corretamente.

Em geral, é algo que depende do material de acabamento. Os rodapés de porcelanato, normalmente, só podem ser retirados se forem quebrados, com cuidado para não afetar a parede.

Já o modelo de madeira pode ser desinstalado com o apoio de uma espátula, que servirá de alavanca para o martelo. No entanto, é indispensável fazer tudo com cuidado para evitar prejuízos.

Inclusive, é por isso que o rodapé de poliestireno é a melhor solução. Além de ser sustentável, ele oferece instalação rápida e uma retirada posterior simples, sem muito esforço.

Como fazer a instalação?

Com o rodapé anterior desinstalado, e a superfície totalmente limpa e preparada, é a hora de partir para a instalação de rodapé. O processo deve ser feito sobre uma superfície completamente limpa, seca e nivelada. Pronto para começar? Veja quais são os passos essenciais!

Corte uma guia do rodapé

Logo no início, é preciso criar um guia com pedaço de barra de rodapé (10 a 15 cm) para furar o local exato do rasgo que será base para o posicionamento do furo na parede, a qual receberá a bucha T, para atuar como anteparo inicial de fixação da barra (se usar fita dupla face, não precisará fazer esses procedimentos). Depois de cortar um pequeno retângulo, faça um furo na parte superior, onde ocorrerá a fixação.

Posicione a guia alinhada à parede, exatamente como o rodapé ficará. Faça marcações com um lápis e repita o processo a cada 40 cm, em média.

Fixe as buchas e os pregos

Em seguida, com ajuda da guia como apoio, use a furadeira nos pontos marcados a lápis. Depois, coloque as buchas em T e fixe-as adequadamente, de maneira horizontal. É importante que tudo esteja exatamente no mesmo nível — é aqui que surge a importância da guia.

Com as buchas posicionadas, posicione os pregos sem cabeça com a ajuda do martelo. Eles devem preencher completamente a bucha, sem ficar para fora.

Aplique a cola na barra de rodapé

Com a parede preparada, é hora de aplicar duas linhas de Cola Santa Luzia na parte traseira do rodapé. Se ele tiver mais de 20 centímetros, é interessante que sejam posicionadas três linhas. Lembrando que em paredes diferentes de alvenaria, é preciso usar fita dupla face e super adesivo Santa Luzia

Logo, a barra deve ser colocada sobre a linha de buchas da parede. Fixe exatamente na posição e você terá a sensação do encaixe adequado. Se quiser fixar ainda mais, utilize a marreta de borracha.

É importante colocar uma bucha nos pontos de encaixe entre duas barras, pois isso tornará a fixação linear.

Faça cortes na barra de rodapé para ajustar

As barras de rodapé possuem o comprimento padrão de 2,40 metros lineares. Se o seu cômodo for maior, será fundamental unir mais de uma e, provavelmente, cortar algum pedaço, certo? O ideal é utilizar a serra para fazer cortes precisos e garantir bom acabamento nas emendas.

No caso da instalação de rodapé de poliestireno, o melhor é executar um corte rápido e que evita rebarbas, no geral. Também é indispensável se preocupar em fazer o corte a 45°, para que o encaixe seja perfeito, principalmente nas quinas.

Em relação ao acabamento dos cortes, é possível unir dois pedaços com ângulo de 45º ou utilizar os chamados terminais. Eles servem para “esconder” a emenda e garantem um visual acabado facilitando a instalação.

Realize o acabamento com a massa premium ou Calafetador Santa Luzia

Assim que finalizar a fixação na parede, é hora de cuidar do acabamento final da instalação de rodapé. Nesse caso, o ideal é usar a massa premium ou o calafetador nas “emendas” e na parte superior do rodapé.

Basta aplicar nesses pontos e retirar os excessos, o que dá um toque final adequado. Se quiser, é possível realizar uma pintura, mas o produto já deve estar instalado nesse momento.

Se, mesmo assim, você não sentir confiança para fazer sozinho, é só contratar um profissional especializado. Só tenha a certeza de que ele será capaz de cuidar bem do rodapé e garantir a melhor instalação.

A instalação de rodapé não tem nenhum mistério, exigindo atenção na ordem e execução de etapas. Além de tudo, é indispensável escolher um material de qualidade — aqui, vale destacar a Santa Luzia que atua com tradição e tecnologia. A empresa apresenta diversas linhas de produtos que reúnem beleza, durabilidade e fácil colocação.Se quiser mais dicas práticas, assista ao nosso vídeo sobre a instalação desses componentes!

15/07/2020

    SUSTENTABILIDADE POR PRINCÍPIO

  • Santa Luzia - Green Building Council
  • Santa Luzia - Green Building Council Brasil
  • Santa Luzia - RGMat