FIESC homenageia presidente da Santa Luzia com Ordem do Mérito Industrial

Honraria reconhece esforços da família Effting Zanette no desenvolvimento industrial em Braço do Norte
Industriais homenageados e autoridades durante cerimônia na FIESC (foto: Marcos Campos)
Industriais homenageados e autoridades durante cerimônia na FIESC (foto: Marcos Campos)

Em cerimônia na sede em Florianópolis, a FIESC, Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, homenageou nesta sexta-feira (29) o presidente da Indústria Santa Luzia, Gilberto Luiz Zanette, com a Ordem do Mérito Industrial. A Ordem é o mais alto reconhecimento da indústria catarinense pela contribuição no desenvolvimento da atividade fabril em diferentes regiões. O prêmio reconhece os esforços não só de Gilberto, mas de toda a família Effting Zanette no desenvolvimento industrial de Braço do Norte.

Fundada por João Effting em 1942, começou uma pequena fábrica de espelhos. Sob a tutela do primogênito Heriberto Effting, passou a fabricar molduras de madeira, obtendo, em 1980, o título de Industrial do Ano concedido pela Prefeitura. Em 2002, já sob a presidência de Gilberto, revolucionou o método produtivo ao passar a adotar os princípios de economia circular e logística reversa, trocando a madeira pela reciclagem de Isopor® e outros resíduos plásticos como matéria-prima. A empresa já reciclou mais de 45 milhões de kg de resíduos.

Gilberto Luiz Zanette: natural de Criciúma, Gilberto é presidente da Indústria Santa Luzia, fabricante de rodapés, revestimentos e molduras, de Braço do Norte, e diretor da Sul Norte Logística, de Imbituba. Formado em engenharia civil pela PUC de Porto Alegre, em 1973 iniciou a carreira como consultor de projetos de rodovias. Mais tarde, em 1979 foi trabalhar no Grupo Moldurarte como diretor industrial da empresa Incomarte, uma das cinco do Grupo. Nesta época, a Santa Luzia, outra companhia do Moldurarte, fabricava espelhos, além de porta-retratos e quadros de madeira. Mais tarde, passou a produzir molduras para agregar valor aos espelhos e exportava 80% da produção aos Estados Unidos. No final dos anos 1990, em linha com tendências internacionais, Zanette reestruturou a companhia, que passou a usar matéria-prima reciclada, como plástico. A Santa Luzia comercializa seus produtos em mais de 4 mil pontos de vendas no País. Cerca de 10% da produção é exportada para países como Argentina, Uruguai, Japão, Chile e Estados Unidos.

Atualmente, a Santa Luzia é referência no segmento de arquitetura e construção por conta de perfis decorativos de alto padrão e ecológicos, atuando em ações de consciência ambiental por todo o Brasil.

Assista ao resumo das homenagens abaixo:

Seja um parceiro da Santa Luzia na reciclagem de EPS e PU

Caso haja interesse em convidar a Santa Luzia para eventos que promovam a sustentabilidade e a Economia Circular de resíduos, contem com a gente! Também formamos parcerias com empresas geradoras de resíduos disponibilizando informações, treinamentos e suporte.  O contato pode ser feito diretamente na fábrica através do telefone (48) 3651-1346 ou pelos contatos (Eliane Morgan Cel.: +55 (48) 99931-7772) ou (Antônio Farías Cel.: +55 (48)99666-5151)

No vídeo abaixo, mostramos como a Santa Luzia gera impactos positivos na Economia Circular!

Caso ainda haja dúvidas sobre o tema, ficaremos honrados em ajudar a obter respostas do seu interesse.

Fone: 0300 145 13 00  / 48-3651 1300 ou pelo link  http://www.santaluziamolduras.com.br/contato

Related Posts

Deixe uma resposta


  • Santa Luzia Brasil BRA
  • United States USA
  • Blog Santa Luzia USA
  • Youtube Santa Luzia
  • Facebook Santa Luzia
  • Instagram Santa Luzia

    SUSTENTABILIDADE POR PRINCÍPIO

  • Santa Luzia - Green Building Council
  • Santa Luzia - Green Building Council Brasil
  • Santa Luzia - RGMat
  • Santa Luzia - CE100 Programme