Conheça o programa de logística reversa da Santa Luzia para Construtoras e Incorporadoras

Resíduos, aparas e sobras de Rodapés de Poliestireno são coletados em obras e são reaproveitados na produção de novos produtos decorativos

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) define como logística reversa como “um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada”.

Em outras palavras, a Lei que atribui responsabilidades aos diferentes agentes da sociedade estabelece que as empresas devem ser responsáveis pelos produtos que fabricam também no pós-uso, quebrando a linearidade de que o ciclo de um produto se encerra para a empresa quando é adquirido pelo cliente. Naturalmente, colocar este processo em prática exige mais do que apenas empenho, afinal, trata-se de romper um método de produção maturado desde os primórdios da Revolução Industrial no século XVIII. É preciso capacitar equipes e investir em tecnologias, relacionamentos e parcerias com players estratégicos para que o projeto tenha grande capilaridade e eficiência.

Levando a sustentabilidade como princípio, a Santa Luzia desenvolveu um programa de Logística Reversa em seu atendimento para Construtoras e Incorporadoras para coletar resíduos, aparas e sobras dos Rodapés, Guarnições, Rodameios e Rodatetos utilizados nos empreendimentos, destinando-os à fábrica ou a uma das unidades espalhadas pelo país capacitadas a recolher estes resíduos. Revendas e distribuidores também podem destinar as sobras de produtos da Santa Luzia para estas unidades.

A empresa deu o primeiro passo no programa ao substituir, oito anos antes da PNRS entrar em vigor, sua então matéria-prima principal – madeira – pela reutilização de plásticos como o Isopor® (poliestireno expandido ou EPS) e poliuretano (PU) para fabricar perfis decorativos de alto padrão como rodapés, guarnições, revestimentos e acessórios.

Desenvolver maquinário capaz de facilitar a logística foi outro passo fundamental. O Isopor®, por exemplo, é composto de 98% de ar, o que dificulta o transporte em grandes quantidades e o torna pouco atrativo para catadores, que se baseiam no peso do material recolhido. Confira no vídeo abaixo:

Dominando o know-how de retirar o ar do material por meio de compactadoras “degasadoras”, foi possível criar unidades estratégicas em diferentes regiões do Brasil e parcerias com empresas e cooperativas, disponibilizando máquinas via “locação”.  A Santa Luzia já reaproveitou em novos produtos quase 50 milhões de kg de resíduos plásticos, poupando quase 200 mil árvores caso o insumo ainda fosse madeira. Colabore com o meio-ambiente e faça a sua parte neste ciclo do bem! Saiba como funciona nossa Logística Reversa no vídeo abaixo:

Seja um parceiro da Santa Luzia na reciclagem de EPS e PU

Caso haja interesse em parcerias que promovam a sustentabilidade e a Economia Circular de resíduos por parte das Incorporadoras, Construtoras e Empreendimentos, contem com a gente! O contato pode ser feito diretamente na fábrica através do telefone (48) 3651-1346 ou pelo contato:

Eliane Morgan Cel.: +55 (48) 99931-7772

Caso ainda haja dúvidas sobre o tema, ficaremos honrados em ajudar a obter respostas do seu interesse.

Fone: 0300 145 13 00  / 48-3651 1300 ou pelo link  http://www.santaluziamolduras.com.br/contato

Related Posts

Deixe uma resposta


  • Santa Luzia Brasil BRA
  • United States USA
  • Blog Santa Luzia USA
  • Youtube Santa Luzia
  • Facebook Santa Luzia
  • Instagram Santa Luzia

    SUSTENTABILIDADE POR PRINCÍPIO

  • Santa Luzia - Green Building Council
  • Santa Luzia - Green Building Council Brasil
  • Santa Luzia - RGMat
  • Santa Luzia - CE100 Programme