Certificação LEED: por que ela é tão importante?

Design inovador em materiais de construção mantém o Brasil no quarto lugar em ranking mundial de ‘green buildings’
Fonte: USGBC.com
Fonte: USGBC.com

Enquanto normas e leis estão aquém do esperado, um bom parâmetro para avaliar o futuro das construções é observar as certificações e orientações ambientais. O selo de maior reconhecimento e abrangência mundial é o Leadership in Energy and Environmental Design, conhecido pela sigla LEED, criado pelo Green Building Council (GBC) nos EUA.

O LEED serve de parâmetro não só para avaliar se o empreendimento tem um manejo eficiente de recursos, mas também se é viável do ponto de vista econômico, social e cultural. Isto gera uma série de benefícios, entre eles, diminuição dos custos operacionais, valorização do imóvel, menor obsolescência da edificação, conscientização de trabalhadores e usuários.

Fonte blogdaarquitetura.com.br
Fonte blogdaarquitetura.com.br

Os projetos são analisados pelo GBCI, e ao passo que pré-requisitos (práticas obrigatórias) e créditos (recomendações) são atingidos, mais pontos são acumulados pelo empreendimento. Em 2017, o Brasil manteve-se em quarto lugar no ranking mundial de empreendimentos certificados, ultrapassando a marca de 14 milhões de m² – o dobro que o obtido pela Alemanha no mesmo período. A China lidera o ranking com quase 50 milhões de m² certificados. Os EUA, país de origem do GBC, não costuma ser incluído no levantamento.

Rochaverá Corporate Towers (São Paulo) recebeu Certificação LEED Gold

Para atingir uma pontuação alta na certificação, cresce a demanda por materiais de construção com atributos sustentáveis. A indústria nacional ainda engatinha na oferta, mas empresas Santa Luzia se destacam pela aposta no design de produtos pautado nos princípios de economia circular.

Reciclando resíduos como copos, bandejas, embalagens e marmitas de “Isopor”, matéria prima conhecida também pela siga (EPS – Poliestireno Expandido), a empresa tem capacidade para transformar mais de 1000 toneladas por mês em perfis decorativos como rodapés e guarnições. Já foram reaproveitados o equivalente a 550 campos de futebol, deixando de derrubar 152 mil árvores se a matéria-prima fosse madeira, por exemplo.

Os produtos de poliestireno reciclável Santa Luzia, contribuem para a pontuação na certificação LEED v4, nas categorias de Materiais e Recursos, Qualidade do Ambiente Interno, Materiais Regionais e Inovação. Em 2018, a Santa Luzia passou a ser membro global da rede CE100, programa criado pela fundação Ellen MacArthur, pilar do pensamento global em economia circular. Veja como funciona a economia circular feita pela Santa Luzia no vídeo abaixo!

Seja um parceiro do Planeta! Colabore com a Santa Luzia no processo da reciclagem de Isopor(EPS) e do Poliuretano(PU).

A Santa Luzia oferece um Programa de Logística Reversa e encoraja clientes e parceiros a enviarem as sobras de instalação e descarte para a reutilização destes materiais, por meio de parcerias com empresas e cooperativas, gerando quase 4 mil empregos indiretos. Fornecemos treinamento para que seja feita uma pré-triagem dos resíduos nas empresas geradoras. Assim, evitamos o envio de materiais contaminados, reduzindo o tempo de fabricação dos produtos. Temos profissionais dedicados exclusivamente para novas parcerias. O contato pode ser feito diretamente na fábrica através do telefone (48) 3651-1346.

Caso ainda haja dúvidas sobre o tema, ficaremos honrados em ajudar a obter respostas do seu interesse.

Fone: 0300 145 13 00  / 48-3651 1300 ou pelo link  http://www.santaluziamolduras.com.br/contato

Related Posts

Deixe uma resposta


  • Santa Luzia Brasil BRA
  • United States USA
  • Blog Santa Luzia USA
  • Youtube Santa Luzia
  • Facebook Santa Luzia
  • Instagram Santa Luzia

    SUSTENTABILIDADE POR PRINCÍPIO

  • Santa Luzia - Green Building Council
  • Santa Luzia - Green Building Council Brasil
  • Santa Luzia - RGMat
  • Santa Luzia - CE100 Programme